ULTRASSONOGRAFIA DE BOLSA ESCROTAL INFANTIL

Como é realizado este exame?

A ultrassonografia de bolsa escrotal  infantil é um exame de diagnóstico por imagem realizado em pacientes recém-nascidos até 13 anos de idade. No exame o paciente fica deitado, com a região da bolsa escrotal despida. Cobrimos a região com um lençol, o paciente segura o pênis para cima da barriga e expõe somente a região da bolsa escrotal.

Este exame é acessível, rápido, não invasivo e seguro (não utiliza nenhum tipo de radiação), não apresenta efeitos colaterais e é indolor.

Durante o exame o médico (radiologista ou ultrassonografista) observa e interpreta as imagens e, no final, redige um relatório para o médico assistente que solicitou o exame.

Quando indicar a ultrassonografia de bolsa escrotal  infantil?

Os testículos fazem parte do órgão reprodutor masculino, sendo responsável pela produção hormonal da testosterona e pela produção dos espermatozoides.

Esta ultra de bolsa escrotal infantil está indicada nos seguintes casos:

  • Suspeita de criptorquidia ou testículo ectópico (quando um dos testículos, ou mesmo os dois, não se encontram dentro da bolsa escrotal como deveriam);
  • Na suspeita de torção;
  • Na suspeita de líquido na bolsa escrotal (hidrocele);
  • Na suspeita de processo inflamatório ou infeccioso; e
  • Para avaliar um caroço palpável na região da bolsa escrotal.

O que o médico avalia na ultrassonografia de bolsa escrotal  infantil?

Na ultrassonografia de bolsa escrotal infantil o médico, radiologista ou ultrassonografista, avalia os testículos, o epidídimo e os vasos dos plexos pampiniformes.

O médico avalia se os testículos se encontram na bolsa escrotal, se apresentam tamanho, forma e textura normal.

Também são avaliados os epidídimos, que são pequenos ductos que coletam e armazenam os espermatozoides produzidos pelos testículos. Os epidídimos localizam-se posteriormente ao testículo, na bolsa escrotal, e desembocam em um canal que conduz os espermatozoides até à próstata, chamado de ducto deferente.

É identificado ainda a presença de tumores benignos ou malignos, a presença de líquido na bolsa escrotal (hidrocele), dentre outras alterações.

O exame é considerado normal quando as estruturas estudadas não apresentarem alterações.

Caso contrário, o médico (radiologista ou ultrassonografista) relata o que observou, sendo esta informação posteriormente relacionada com a história clínica e outros meios complementares de diagnóstico e terapêutica pelo médico assistente.

A ultrassonografia de bolsa escrotal  infantil precisa de preparo?

O ultrassom de bolsa escrotal pediátrico não requer preparo.

Caso o paciente tenha exames anteriores relacionados à região a ser examinada pedimos a gentileza de trazê-los. A comparação com exames anteriores proporciona diagnósticos mais precisos e evita, muitas vezes, a realização de exames adicionais.

Em caso de dúvidas, sinta-se à vontade para falar com um dos médicos da nossa equipe. Estamos à sua disposição para qualquer esclarecimento. Na Clínica Florez liberamos o laudo do exame na hora.

Quem é o médico que realiza esta ultrassonografia na Clínica FloRez?

Este material tem objetivo informativo e não isenta a necessidade de consulta a profissional capacitado e habilitado.