ULTRASSONOGRAFIA TRANSVAGINAL SERIADA

Como é realizado este exame?

A ultrassonografia transvaginal seriada é um exame de diagnóstico por imagem realizado com a paciente em posição ginecológica, com a bexiga vazia. Colocamos o transdutor endocavitário pela cavidade vaginal (via transvaginal).

Iniciamos a avaliação dos órgãos reprodutores femininos (útero e ovários) após 10 dias do início da menstruação e repetimos o exame no 12º e 14º dia.

Durante a avaliação, o médico (radiologista ou ultrassonografista) pode julgar necessário realizar outro exame no 16º dia de menstruação. 

Este exame é acessível, rápido, não invasivo e seguro (não utiliza nenhum tipo de radiação), não apresenta efeitos colaterais e é indolor.

Durante o exame o médico observa e interpreta as imagens e, no final, redige um relatório para o médico assistente que solicitou o exame.

Quando indicar a ultrassonografia transvaginal seriada?

A ultrassonografia transvaginal seriada está indicada para as pacientes que desejam engravidar e necessitam investigar sua fertilidade. 

A fertilidade é caracterizada por alterações hormonais que preparam o corpo para uma possível gravidez, que corresponde à ovulação e à liberação do óvulo.

As fases do ciclo menstrual são:

Fase folicular: começa no 1º dia da menstruação e vai até o dia da ovulação. Normalmente ela dura entre 12 e 16 dias e tem esse nome por ser a época em que os folículos ovarianos crescem e começam a preparar o corpo para uma possível gravidez.

Nessa época há um aumento da produção do hormônio folículo estimulante (FSH), que faz com que os folículos que contém os óvulos se desenvolvam. Esses folículos produzem os estrógenos, até que esses hormônios chegam a um pico e o corpo deixa de produzir o FSH. É nesse momento que ocorre a ovulação, ou seja, o folículo se rompe e o óvulo sai em direção as trompas. Aí começa a fase lútea.

Fase lútea: ocorre após a ovulação, quando os hormônios femininos começam a reduzir gradativamente sua concentração no organismo. O folículo começa a produzir progesterona, mas se ele não for fecundado, a quantidade desse hormônio cai também, junto com os estrógenos, o que geralmente acontece em 14 dias.

Quando a gravidez não ocorre, é nessa fase que as paredes do útero descamam e a mulher menstrua.

Portanto, quem determina a duração do ciclo é a fase folicular, já que é o seu tempo que pode variar. Normalmente uma mulher com ciclo menstrual regular e que não toma pílula pode ter a duração do seu ciclo variando um pouco a cada mês.

Ciclos que duram entre 25 a 30 dias são regulares. Além disso, os ciclos não precisam ter todos a mesma quantidade de dias. Por exemplo, uma mulher que em um mês tem o ciclo durante 28 dias e no mês seguinte ele dura 30, ainda é considerada com um ciclo regular.

O que é um ciclo irregular?

Já sabemos que um ciclo regular tem entre 25 e 30 dias de intervalo entre as menstruações. Já o ciclo irregular é todo aquele que leva menos ou mais tempo do que isso.

O que acontece é que a fase lútea tem uma duração fixa, isso quer dizer que a pessoa com ciclo irregular tem uma ovulação muito precoce ou muito tardia, ou seja, quando ela ocorre, o corpo não está preparado.

Pode acontecer de a pessoa ter sempre ciclos muito longos ou muito curtos, ou mesmo intercalar esses dois tipos.

O que o médico avalia na ultrassonografia transvaginal seriada?

Na ultrassonografia transvaginal seriada são avaliadas as diferentes fases do ciclo menstrual, a partir do 10º dia do início da menstruação, repetindo de 2 em 2 dias, ou seja, no 12º e 14º dia do ciclo menstrual. 

Neste exame o médico, radiologista ou ultrassonografista, avalia a anatomia do útero e suas estruturas. Além disso, são fornecidas no exame outras informações, como a espessura do endométrio e o desenvolvimento do folículo ovariano.

O exame é considerado normal quando as estruturas estudadas não apresentarem alterações.

Caso contrário, o médico (radiologista ou ultrassonografista) relata o que observou, sendo esta informação posteriormente relacionada com a história clínica e outros meios complementares de diagnóstico e terapêutica pelo médico assistente.

A ultrassonografia transvaginal seriada precisa de preparo?

A ultra transvaginal seriada requer que a paciente esteja no 10º dia do início da menstruação.

Para melhor avaliação dos órgãos e conforto da paciente, é necessário que a bexiga esteja vazia (faça xixi antes do exame). 

Caso o paciente tenha exames anteriores relacionados à região a ser examinada pedimos a gentileza de trazê-los. A comparação com exames anteriores proporciona diagnósticos mais precisos e evita, muitas vezes, a realização de exames adicionais.

Em caso de dúvidas, sinta-se à vontade para falar com um dos médicos da nossa equipe. Estamos à sua disposição para qualquer esclarecimento. Na Clínica Florez liberamos o laudo do exame na hora.

Quem é o médico que realiza esta ultrassonografia na Clínica FloRez?

Este material tem objetivo informativo e não isenta a necessidade de consulta a profissional capacitado e habilitado.